ssocial.hemose@fsph.se.gov.br / ouvidoria.fsph@fsph.se.gov.br +55 79 3225-8037 / 3234-6010

Estudantes solidários retornam ao Hemose e doam sangue durante ação do Colégio Atheneu

Uma parceria entre o Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) e o Colégio Estadual Atheneu Sergipense (Ceas), em Aracaju, mobilizou estudantes do 2º e 3º ano para colaborar com o serviço de doação de sangue. A iniciativa visa reforçar a importância do ato de doar com regularidade junto a comunidade estudantil.
Marcos Jetro Alves de Araújo lembrou que sua primeira doação foi na campanha da unidade de ensino no segundo semestre de 2018. “Naquele momento entendi que a doação pode fazer a diferença na vida daqueles que precisam do sangue”, disse o adolescente. “Não retornei porque estou me preparando para o vestibular e meu tempo fica bem limitado”, contou.
A campanha despertou o interesse de alunos novatos junto ao serviço no hemocentro, a exemplo de, Maryemily Sandra Santos e João Victor Vieira Santos, que decidiram conhecer a doação de sangue. “É uma boa ação por isso vim”, comentou Victor. “Acho que o principal é lembrar que a minha doação pode salvar uma vida”, completou Sandra.
Essa primeira ação de 2019, reuniu cerca de vinte participantes que poderão se multiplicar em outras dezenas de estudantes solidários. Conforme a gerente de Ações Estratégicas, Rozeli Dantas, ao longo do mês de maio tem outras campanhas com envolvimento de adolescentes. “Esse é um público que está inserido nos critérios para doação de sangue na faixa etária de 16 a 17
anos, que está autorizado a doar, mediante entrega de formulário assinado pelos pais ou responsável legal e cópias de documento de identidade”, detalhou a assistente social.
Rozeli salientou que a ação é uma forma de despertar o público para responsabilidade social e o exercício de cidadania. “Ao conhecer o serviço esses adolescentes passam a ter um novo olhar sobre a doação desfazendo os mitos para que assim sejam futuros doadores frequentes de todos os grupos sanguíneos, O, A, B e Ab positivo e negativo”, frisou.
Serviço
Para ser um doador de sangue é preciso estar bem de saúde, ter entre 16 e 69 anos de idade, ter mais de 50 quilos, comparecer ao serviço bem alimentado e apresentar um documento oficial com foto. Os menores de 18 anos precisam apresentar o termo de consentimento assinado pelos pais ou responsável legal. O documento está disponível para download no site do Hemose: www.hemose.se.gov.br. Mais informações através dos telefones: (79) 3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.

 

fsphadm